terça-feira, 7 de agosto de 2007

INFORME JURÁSSICO
Nº 127

Segunda-feira, 6 de agosto de 2007.
ANO V


“O homem hoje, para ser salvo, só tem necessidade de uma coisa: abrir o coração à alegria.”
Bertrand Russel


Aventuras jurássicas em Poços de Caldas

No final de semana, Luizão, Ary e trupe foram até a bela e turística Poços de Caldas desfrutar do trekking e do pedal entre montanhas encantadas, refazendo, em parte, os percursos realizados na festa momesca, que teve a participação do Ronaldo.
O tempo seco facilitou o trekking na subida do Cristo, no sábado, 14 de julho, e acompanhados do Carlinhos, o anfitrião, das sauras Luísa e Ana Maria, do Luquinha e do amigo Roberto, passaram pela rampa de vôo livre, desceram até a estrada para Caconde e subiram a trilha até próximo à Pedra Balão, descendo pelo asfalto para a merecida bebemoração no Pingão, com direito a torre de chope.
No mesmo sábado, ainda teve patinação no gelo, no ring montado em frente ao Cassino, onde Quequel, Luquinha, Lara, Bruno e a pequena Maitê aproveitaram a tarde.
No domingo, rolou o prometido pedal, liderado pelo sexagenário don Luciano, italiano de nascimento e brazuca naturalizado, o Pirituba de lá. Don Luciano, serventuário da Justiça do Trabalho, mantém o mesmo entusiasmo dos anos 70, quando iniciou o ciclismo no Rio de Janeiro, onde, junto com alguns amigos, promoveu inúmeras provas nos bairros da Cidade Maravilhosa. O novo amigo jurássico tem muita estória pra contar. O pedal, que incluiu a cidade de Campestrinho - SP, girou em torno dos 50 km e contou com a participação do Luizão, Carlinhos e Ary, além de inúmeros sauros pocenses, e teve seu ponto alto na forte subida da Usina das Antas. No caminho, don Luciano, que pedalou com mais de quatro quilos de peso extra, pois está treinando para o Caminho da Fé, de Poços a Aparecida – SP, levou o animado grupo para conhecer um interessante projeto cultural e educacional de inclusão digital e incentivo à leitura, na Fazenda Lambari, que tem o apoio da exportadora de café norueguesa, Kaffehuset Friele, dona da fazenda, e da Prefeitura Municipal de Poços de Caldas. Lá, além de tomarem um delicioso cafezinho oferecido pelos instrutores, que faziam uma reunião no local, foram informados sobre os detalhes do projeto e puderam assinar o livro de visitas. Para o Ary, Carlinhos e Luizão o pedal terminou no Chilli’s Bar, em frente ao Palace, para bebemorarem mais este pedal.
A tarde de domingo ainda reservou uma experiência nova para os jurássicos, acompanhados da Luísa, Luquinha e Lara: o paintball, aquela competição que se faz com um “marcador” (uma arma de ar comprimido que dispara bolinhas com tinta). Paramentados de coletes, pescoçeiras, máscaras e luvas, os três jurássicos de capacete, os seis se dividiram em duas equipes, e cada uma foi para uma extremidade do terreno. Com 20 bolinhas para cada marcador , o jogo começou. E tiro daqui, tiro dali, Luizão, escondido atrás de um monte de capim, foi abatido, na testa, ficando fora de combate; logo em seguida, o Ary foi atingido, por aproximar-se demais da oponente Luísa, numa manobra perigosa; com o Carlinhos também abatido e a Lara sem munição, Luquinha e Luísa venceram a peleja. E nem teve outra queda, pois o Luizão e o Ary levaram a pior no embate: um com um galo na testa (a bolinha explodiu exatamente entre o capacete e a máscara); o outro com um hematoma na lateral do abdomêm. Concluíram, assim, que o tal jogo é muito perigoso, e dolorido.
Bom, ao final da tarde de domingo, teve também uma animada parada gay na cidade, mas aí já é outra estória... E o Luizão não ficou lá pra conferir. Já o Ary e o Carlinhos...
Confiram algumas fotos do final de semana.



Começando o trekking, na Fonte dos Amores; a caminho do Cristo; Luquinha e Luísa (abaixo), no topo, numa pausa para descanço.



No centro e a direita, Quequel, Bruno e Lara esbanjando técnica no gelo, em frente ao Cassino.



A sede do projeto na fazenda Lambari; Luizão, posando de Dart Vader e a tropa de choque se preparando pra tomar o Alemão, aquele favelão atrás do muro.



O trio jurássico preparado; os opositores aguardando o confronto e a Luísa comemorando a vitória.

Até a próxima.
Luiz A Nogueira

Carpe Diem



Nenhum comentário: