segunda-feira, 20 de agosto de 2007

Pontalete Full - 18 de agosto de 2007


Grupo reunido no bikelocal para foto oficial. Presenças especiais de Gustavão e Junior.

Este pedal começou a se desenhar na sexta-feira com um convite via e-mail que Ronaldo fez ao grupo. O dia estava maravilhoso, nem uma nuvem no céu. O Sol não queria perder de vista os jurássicos. Companheiro morno no início e implacável no final.
O trajeto proposto inicialmente sofreu uma pequena variação sugerida pelo Adilson e aceita prontamente pelo grupo formado por Adilson, Hebert, Ronaldo e Salvador. Foi uma deliciosa sessão de trilhas em volta do Morro do Chapéu. Inéditas para a maioria. Dali para frente foi um pedal longo em ritmo acelerado e constante. Não poderia ser diferente, afinal foi puxado por dois cavalinhos, Salvador e Adilson.
Saímos pelas trilhas ao redor do morro do Chapéu, seguimos sentido Mascatinho e de lá sentido Fazenda Pedra Negra até cruzarmos o asfalto. Neste ponto já tínhamos percorrido 30 km. Próximo a Pontalete, o único imprevisto do pedal, um pneu furado que foi consertado rapidamente. Por sorte a balsa estava esperando o quarteto fantástico. Esperou até uma breve parada no mercadinho local para umas coca-colas e reabastecimento das caramanholas. O balseiro e amigo dos bikessauros, com paciência milenar, assistia a tudo com passividade, afinal éramos só "nóis" na fita, malandragem!!!
Do outro lado da balsa, Hebert iniciou um treinamento intensivo com o Salvador. Treinamento psicológico. A todo momento passava raspando sua bike e dizendo coisa do tipo: - Vamos sprinta!!! Vai até o ponto de parada e marca a diferente entre a gente!!! Quanto tá seu batimento!!! Vai, vai,vai !!! Mas nada abalou nosso companheiro Salvador que passou com louvares pelo teste e está preparado para as futuras competições. Mais uma vez o ritmo foi constante e forte e às 13h chegamos ao Bar da Garapa, rodovia Varginha Elói Mendes. Lugar anunciado pelo Hebert com uma frase que marcou o pedal. Disse ele: - "Duas garapas e uma fritura e tô novo em folha." Dito e não feito, a garapa sim, mas a fritura, deixamos para a próxima. Hebert com fortes dores nas costas preferiu chamar sua esposa e apoio Claudinha para resgatá-lo. Decisão prudente. O trânsito no asfalto estava confuso o que exigiu atenção do trio até a ponte dos Buenos. Passamos pelo Bar do Tavinho e chegamos até Varginha pelo trecho final do Gran Solúvel, ufffaaa...
Um chua, aproximadamente 110 km.
2h da tarde estávamos comemorando no Pinguim o excelente dia de pedal.


Trilhas ao redor do morro do Chápeu.
A esquerda o trio jurássico protegido por um telhado de salva-vidas na travessia do braço no lago de furnas e à direita o grupo bebemorando o incrível pedal na choperia Pinguim.

Este é o relato.
Abraços, Ronaldo

2 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns ao destemido quateto pelo "Pontalete Full", pedal de lascar o cano. Com certeza o trajeto foi levado a termo em grande estilo por vocês. Quisera eu ter estado presente ao evento (se bem que acho que não teria dado conta). Quem sabe no próximo...

Rodrigo Silva

Anônimo disse...

Rodrigo,
Com certeza sua falta foi senti pelo grupo. Ainda mais, pq sei como gosta deste pedal. Em breve estaremos juntos para fazer este e outros pedais fantásticos.
Abraços, Ronaldo.