quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Convite aos Bikessauros - 12.o Arrastão da Solidariedade

CAMPANHA NATAL SEM FOME
12º ARRASTAO DA SOLIDARIEDADE
Convite
Aos Bikessauros de Varginha

Prezado Senhor,
Dia 2 (DOIS) de DEZEMBRO de 2007 acontece o 12º Arrastão da Solidariedade, arrecadaremos alimentos e outros donativos, para ajudar as famílias carentes neste Natal. Honraríamos novamente com a presença dos integrantes deste grupo de bike para participarem do evento ou se possível fazer uma campanha interna entre os integrantes para arrecadarem alimentos.
Vamos mobilizar nossa cidade, unir esforços para o Combate à Fome.
Realização: COMSEA -Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional de Varginha , com o apoio da Prefeitura de Varginha e EPTV.
Colaboradores deste evento: Polícia Militar, Corpo de Bombeiros,Guarda Municipal, Agente Jovem,Corpo de Bombeiros.FIEMG, Correios, Copasa, Minaspetro, diversas ONG'S, empresas e centenas de voluntários.
Venha colaborar, se junte a nós !
Maiores informações poderão ser adquiridas:
Tel: 3690 2109 / 3690-2081 / 9832 2501
A CONCENTRAÇÃO SERÁ NO DIA 02 dezembro
AS 08:00 NA PRAÇA GETULIO VARGAS
Atenciosamente,
Vander Naves

terça-feira, 27 de novembro de 2007

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA

Data : 11 de dezembro
Local : Restaurante Xangai Box, Rua Presidente Antônio Carlos, 499, Centro, Varginha, M.G.
Horário da 1.a convocação: 19 h com a presença da maioria absoluta dos associados;
Horário da 2.a convocação: Meia hora depois, ou seja, 19:30h com qualquer número de associados
Pauta:
1) Votar a filiação da associação Bikessauros na Federação Mineira de Ciclismo;
2) Apresentar e votar as reformas no estatuto da associação;

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Pedais nos arrabaldes da Princesa do Sul em 24 e 25 de novembro


No sábado, enquanto acontecia o "Aparecida One Day", pensando nos intrépidos, desejando-lhes sorte e sucesso nessa fantástica aventura, após uma breve reunião no bikeponto, Macielo (Lacraia-capelão), Timba, "Moc" Motadela e Luizão zaraparam em direção ao Alto da Cemig para um pedal desbravador, buscando trilhas inéditas no trecho entre o Morro das Antenas e o Mascatinho. O trio ternura: Merso, Argentino e Faísca, os dois primeiros encontrados também no bikeponto, decidiram fazer o também inédito "Muquinha Full - One Day".

Para o quarteto jurássico das trilhas, foi um percurso de muitos obstáculos: trilhas interrompidas, muitos galhos espalhados - com certeza pela última ventania que, inclusive, trouxe vários destelhamentos e prejuízos na cidade - matas fechadas, riachos, brejos e arbustos espinhudos, que riscaram as canelas dos quatro intrépidos. Apesar da ralação, foi um "chuá" de pedal de 40 kaemes que, claro, terminou comemorado na Choperia Pingüim.

Duas pausas entre as trilhas inéditas e difíceis.

Empacados no riacho de águas diáfanas, protegido por densa mata; e fluindo por um "single track".

Moc treinando uma massagem cardíaca no Capelão (para não constranger os leitores, foi retirada a foto do momento do "boca a boca"); posando após uma árdua subida.

O Capelão descansando, enquanto Moc e Timba consertam um pneu furado.

Luizão, no destaque; e a celebração do incrível "pedal-ralação" no Pingüim.




Domingo cedo, o grupo domingueiro seguiu para trilhas pros lados dos Tachos e Torre da Embratel, alguns jurássicos em suas "speeds" fizeram um pedal até a Venda do Chico, na rodovia Fernão Dias, e o casal Luísa Bomtempo e Luizão zarparam para o Soluvão, pedal rápido e tradicional de 35 kaemes em que a Luísa pedalou redondinho, mantendo a boa performance da jornada de "Bikessauras - Aparecida, agora é que são elas II". O fato do casal não ter pedalado com o grupo domingueiro foi a perda do horário.

Os búfalos da faz. Pedra Branca; e Luísa de Marilac atacando forte.

Mais dois momentos de Luísa, à direita, esbanjando técnica já quase ao final da longa subida.

Luizão, com Luísa ao fundo; e numa pausa no dorso da montanha.






Até a próxima pedalada!

Luiz A Nogueira






Carpe Diem

sábado, 24 de novembro de 2007

Aparecida One Day - A partida...

Na madrugada de hoje, 24 de novembro de 2007, 5 bikessauros se lançaram a mais uma incrível aventura: pedalar de Varginha a Aparecida, percorrendo aproximados 250 Km em apenas um dia.
As 4h10, após uma oração, o grupo se despediu dos companheiros que lá estavam e seguiram rumo a Aparecida-SP, acompanhados por um veiculo de apoio.


Rodrigo Silva
Heberth
Pantufa
Ronaldo
e
Junior





Ary

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA:

Bom dia amigos associados,

Convoco todos os associados dos Bikessauros a participar da ASSEMBLÉIA GERAL EXTRAORDINÁRIA a si realizar às 19:30h do dia 23 de novembro de 2007 no Restaurante Xangai Box:
Pauta:
1) Discutir apoio ao Enoque ;
2) Votar a filiação da associação Bikessauros na Federação Mineira de Ciclismo;
3) Apresentar e votar das alterações no estatuto. Figura do Filiado.
Peço pontualidade e objetividade nos assuntos a serem abordados.
Peço também que façam saber todos os associados que não tem acesso a este meio de comunicação.

Abraços, Ronaldo.

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

VARGINHA-SÃO THOMÉ - 160KM DE ASFALTO - 17/11/07

Decidimos, após vencer a temível Usina do Xicão na quinta-feira, fazer no sábado outro pedal longo, mas que fosse mais parecido com o que enfrentaremos no próximo sábado, no Aparecida One Day. A escolha recaiu sobre o outrora já feito Varginha a São Thomé das Letras via asfalto. Dessa forma, o Ronaldo passou o convite ao grupo e, por volta das 8:00 horas, chegaram ao bikeponto Adílson, Bigorna, Júnior e Ronaldo. Infelizmente descobri, na hora de sair, que os dois pneus slick que tinha posto na minha bike estavam na lona e que, dessa forma, não poderia ir. Liguei para o pessoal que, sem ao menos me deixar explicar, foram enfáticos: arruma rápido essa m---- e vem logo! Corri então à oficina do Denílson, onde, durante o conserto, outro atrasado telefonou perguntando por nós: era o Pantufa, que foi direto para perto do Bretas e achou que já tínhamos ido embora. Com cerca de quarenta e cinco minutos de atraso deixamos o bikeponto. Desde o início o ritmo foi forte. Fomos trocando vácuo desde o início, o que tornou a viagem muito rápida. Assim, num piscar de olhos, estávamos já em Três Corações, na saída para São Thomé. Optamos por não fazer paradas e passamos diretos. Muito cedo iniciamos a fortíssima subida de acesso a cidade, que não foi feita pelo Bigorna, já que a relação de marchas da sua speed não o favoreceria na escalada. Logo estávamos na praça central, comemorando o excelente treino, sem paradas, que tínhamos feito até ali. Como vem tornando-se costume, alguns sauros optaram por comer não salgadinhos, mas, ao invés, fazer uma leve refeição. O Júnior, especialista em São Thomé das Letras, indicou-nos um restaurante fantástico, muito próximo de onde estávamos. É um lugar único, com paredes de adobe e pau-a-pique, com uma comida típica mineira de dar água na boca, de forma que acabamos comendo até um pouco mais do que deveríamos.

O restaurante "Sinhá", em São Thomé das Letras

Uma ótima refeição
Após a refeição, reunimo-nos de novo na praça com o Adílson e o Pantufa e descansamos por alguns minutos. Não tínhamos acabado a empreitada, entretanto, e logo iniciamos o caminho de volta, combinando que voltaríamos bem mais devagar, dado o sol que tinha surgido forte e o fato de termos almoçado. Descemos a íngreme rampa a todo o vapor, com o cateye do Júnior marcando 104km/h! No bar que existe logo depois da descida reencontramos o Bigorna e logo, apesar do combinado, reassumimos um ritmo fortíssimo, talvez até mais forte que o da vinda. Cedo atingíamos Três Corações e, agora sim, fizemos uma parada na padaria credenciada para reabastecimento. Na estrada novamente, num instante vencemos o trajeto até o trevo da Varginha-Fernão Dias e dali, arremetemo-nos morro acima até o Café Bom Dia, ponto onde reunimos a turma novamente e de onde partimos rumo a um chope gelado, mais que necessário para comemorar o excelente treino que terminara.


Os participantes

O brinde na Choperia Pingüim
Na Choperia Pingüim brindamos e foi declarado findo o período de treinamento para o Aparecida One Day. Pelo que se tem visto, deixando à parte algumas dores aqui e câimbras acolá, todos se prepararam adequadamente para esse projeto. Com treinos pesados e direcionados, como esse fantástico Varginha a São Thomé das Letras sem paradas, pudemos testar nossos condicionamentos e ter o prazer de constatar nossos bons resultados. Como foi dito quando do brinde, "... estejamos juntos e que Deus esteja conosco".

Rodrigo Silva

sexta-feira, 16 de novembro de 2007

Usina do Xicão II - 15/11/2007

Distância: 140 km
Ascendência: 2.200 metros
Calorias: 7.000
Altíssimo nível físico / Baixo nível técnico


Aceitaram o desafio de reeditar o duro pedal entitulado Usina do Xicão, Rodrigo Silva, Ronaldo, Juninho e Adilson (Músico). Partiram do bikelocal às 08:30h de uma manhã nublada e com fortes indícios de chuva. Inclusive na saída alguns picos d'água colocava em dúvida a execução do pedal. Que nada! Os intérpridos estavam convíctos que o Cara Lá de Cima iria mais uma vez mexer seus pauzinho que prol de uma magnífica aventura. Dito e feito. Uma leve chuva acompanhou os bikessauros até Campanha e a partir daqui o melhor tempo que um bikessauro poderia pedir aconteceu.
Como se tratava de um dos treinos para Aparecida ONE DAY, o homogêneo grupo optou por poucas paradas o que fez o pedal render bastante. Primeira e principal parada aconteceu na pitoresca Cidade de Campanha no restaurante à Praça Dom Ferrão, para o tradicional ABJ (Almoço Balanceado Jurássico). Como os primeiros pegam água limpa, o almoço no fogão a lenha estava sendo montado com os jurássicos pegando seus pratos.


Pouco sujo ou muito sujo não faz diferença. Lamasauros num posto em Campanha.

Almoço à moda mineira, fogão à lenha. Manda vê por que hoje o pedal é bravo.

Alimentação quase balanceada. Olha uma pururuca no prato de um bikessaro. Deixa a nutricionista jurássica saber disto.

Alimentado o grupo sentido sem paradas, passando que Igreja Matriz e alcançando a estrada de terra sentido Barragem do Xicão mais a frente. Avistaram no caminho a Cachoeira do Silas (nome dado na primeira edição do evento), o lago formado pelo represamento das águas e chegaram rapidamente até a Barragem. Uma linda visão. O reservatório ainda com 70% de sua capacidade total deixa claro que a estiagem foi forte.
Sem maiores delongas, sairam em direção a Br 381. O sol do primeira edição foi substituído pelo caminho pesado devido a quantidade de barro no trajeto. Até a Br 381 próximo 3 km de São Gonçalo do Sapucai, o compacto grupo, experimentou trechos de muito lama e subidas escorregias. Exigiu técnica e esforço extra. E por que não dizer das descidas também escorregiadas onde o quarteto desceu nas pontas nas luvas.
Por todos caminho, o que se via era um contraste infinito de verde. A natureza no auge de sua beleza apresentava campos verdejantes e as plantas insalavam seu melhor perfume. Aminais me alimentados e felizes nos recebiam em paz.

À direita, o Kombão não passou no quebra-corpo e à esquerda o grupo pelo caminho.

Show da natureza. Verdes pastagens do caminho.

Na harmonia dos elementos o quarteto começo ao Posto de Gasolina na Fernão Dias para sua segunda parada do dia. A bike estavam com muito barro mas a relação permanecia limpíssima. Apenas lubrificaram seus cavalos prateados e seguiram até abandonar o asfalto poucos quilômetros a frente. Mais uma vez na terra, ou meio no barro, serpentearam entre montanhas até Monsenhor Paulo. Terceira e rapida parada na Padaria Paulense e seguiram em ritmo constante está Varginha.
Um chua!!! Por volta das 17:30h comemoravam o grande pedal no Pinguim. Sujos por fora, mas de alma limpa por dentro.
Este é o relato.
Ronaldo.

Obs.: Trajeto completo pode seu consulte na seção Trilhas do Site dos Bikessauros http://www.bikessauros.com.br/trilhas.html

terça-feira, 13 de novembro de 2007

II ROMARIA CICLÍSTICA VARGINHA (MG) A APARECIDA (SP) - BIKESSAURAS

1º DIA - 31/10/2007

Quinze mulheres varginhenses, associadas à equipe de ciclismo Bikessauros, levantaram-se bem cedo na quinta-feira, 31 de outubro de 2007, e com suas bicicletas encontraram-se na Igreja Matriz do Divino Espírito Santo para assistirem a primeira missa da manhã. Ali começava a se concretizar o sonho de transporem a Serra da Mantiqueira com fé e força nos pedais para participarem de uma outra missa no domingo, na Basílica de Aparecida, em Aparecida – SP.
Foto oficial na saída. Praça da Fonte em Varginha
Foram meses de treinos e preparativos. Agora partiam, acompanhadas por alguns ciclistas e três veículos de apoio. Seus familiares as acompanhavam e os amigos as saudavam pelas avenidas da cidade. Até a saída de Varginha foram escoltadas, com segurança e eficiência, pela Guarda Municipal de Varginha. Seguiram rapidamente em direção à Fernão Dias. Logo depois, encontraram o tradicional Caminho dos Romeiros, anualmente percorrido por centenas de devotos que por ali passam a pé, a cavalo ou pedalando.
Antes do meio-dia alcançaram Cambuquira. Em rápida parada reabasteceram-se com frutas, sucos e água, o que foi providencial, pois o calor aumentou a partir dali. Quando alcançaram o Rio Lambari, que corta a BR-267, passaram a acompanhá-lo, pedalando sobre o leito de uma antiga estrada de ferro, até atingirem a BR-460. Seguindo num caminho paralelo a esta rodovia, passaram pela entrada do Parque Estadual Nova Baden até atingirem os arredores de Lambari. O dia quente, mas nublado e úmido, sorria para as ciclistas, e elas chegaram a Lambari no meio da tarde. Nas duchas do Parque Municipal se refizeram, num contagiante espírito de alegria por terem vencido a primeira etapa da viagem. Percorreram neste dia 75,94 km.
Reposição das energias perdidas na Quitanda do Mauro em Cambuquira

2º DIA – 01/11/2007

Choveu durante quase toda noite. Na manhã o tempo permaneceu nublado, mas as bikessauras arrumaram as malas, lubrificaram suas bicicletas e cruzaram o centro de Lambari até alcançarem a estrada de terra que segue para Jesuânia. Cruzavam pelo caminho com moradores e trabalhadores, com que trocavam informações e a todo tempo informavam: “Estamos em romaria para Aparecida”. As respostas sempre eram unânimes: “Vão com Deus!” . Em Jesuânia o grupo se reuniu uma foto nas escadarias da Igreja Matriz e seguiu para o próximo destino, a cidade de Olímpio Noronha. Faltavam ainda 15 km até Cristina, num trajeto por cadenciado e contínuo. Sem tréguas chegaram após percorrerem 40,72 km.

Momentos especiais do segundo dia de pedal. Lambari até Cristina

3º DIA – 01/11/2007

Este era o dia mais esperado, pois logo após Cristina, a esperada e temida escalada da Serra da Paciência. Seis quilômetros de subida contínua e forte, na qual foi preciso muita garra, energia e (por que não?) paciência. Uma a uma, cada qual avançando um pouco além do próprio limite, alcançaram o topo, onde o vento logo secava o suor e dissipava o calor. Depois disso havia ainda muito a pedalar, entre montanhas preparadas para o plantio da batata, principal produto agrícola da região. Avistavam-se muitos trabalhadores e tratores na lida rural. Muitos deles também já foram a Aparecida pelo mesmo caminho, a pé e a cavalo. A chuva as alcançou após passarem pelas comunidades da Barra e da Água Limpa, pequenos lugarejos no meio das serras. Ali enfrentaram uma leve e contínua subida de 17 km pelo caminho desativado da antiga linha férrea até chegarem a Delfim Moreira.
Percorreram neste dia 66,09 km.

Foto oficial em frente à rodoviária de Cristina.

Bikessauras vencendo a serra da Paciência. 6 km de subida e 600 metros de aclive.

Bikessauras entre as montanhas da Serra da Mantiqueira.

4º DIA – 01/11/2007

Bem cedo as nuvens escuras tomavam conta do céu. Com um pouco de chuva partiram para a divisa dos estados de Minas Gerais e São Paulo e desceram a Serra de Piquete. Por mais de 15 minutos os pedais ficaram inertes, apenas os freios eram acionados, até alcançarem o Vale da Ribeira. Em fila indiana e sendo saudados pelos habitantes de Lorena e Guaratinguetá, que a essa hora da manhã de domingo estavam na rua, chegaram à Aparecida. Estavam, por fim, na Basílica de Aparecida, após pedalarem 247,93 km. A maioria das ciclistas bikessauras havia percorrido pela primeira vez o Caminho dos Romeiros e os abraços e as lágrimas espelhavam esta emoção. Elas entraram na igreja para participar da missa do meio-dia, e somente então a chuva caiu forte. Sob o manto dessas águas puderam agradecer a Deus pela graça alcançada.
Saída de Delfim Moreira rumo a subida até a cidade de Piquete em São Paulo.
Comemorações em frente à Basílica.
Emoção e alegria. Sabores de uma conquista.

Foto oficial dentro da Basílica de Nossa Senhora Aparecida. Sucesso total.

Agradecimentos especiais:

Grandes empresas buscam investir na saúde e qualidade de vida de seus colaboradores. A Associação Bikessauros agradece aos patrocinadores da II Romaria Ciclística Varginha até Aparecida – Bikessauras. Parabéns pelo apoio ao esporte em nossa região.
Que a dedicação e a superação das Bikessauras sirva de inspiração para que mais pessoas pratiquem o mountain bike, exercitando o corpo, o respeito a natureza e a convivência em grupo, missões da Associação Bikessauros.
Relato : Silas Rickli Costa
Fotos : Bikessauros de Varginha

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Todos os BIKESSAUROS estão convidados para o churrasco de confraternização do Aparecida II, a se realizar no sábado próximo, dia 10/11/2007, a partir das 12h. Será no sistema cada um leva o que for consumir - bebidas e carne.

LOCAL: APCEF - Av. José Ribeiro Tristão, 63 (em frente ao armazém TRISTÃO - na estrada para o Aeroporto de Varginha)

COMISSÃO BIKESSAURAS APII/2007