segunda-feira, 7 de julho de 2008

VulcanoLemasSauros, o pedal musical, 05 e 06 de julho de 2008


http://www.bikessauros.com.br/

http://vulkanosbike.blogspot.com/

http://www.bikelesmas.blogspot.com/
Para ver as fotos acesse o link abaixo:
Neste último final de semana aconteceu em Poços de Caldas de tudo e foi tudo de bom. A cidade linda por natureza recebeu eventos de jazz e blues. Vários bares serviram comidas típicas de New Orleans, teve início o JulhoFest com apresentações de bandas e uns pedalzinhos por aí. Que nada!!! Na maravilhosa companhia dos ciclovulcanos e bike lesmas, Ronaldo e Andreza foram apresentados à pedais da melhor quantidade.
No sábado partiram da praça central, em frente ao Peladão, 2 grupos.
O primeiro formado pelo Carlinhos, Ana (sua esposa), a amiga da Ana e Dom Luciano saíram para um pedal de aproximadamente 33 km pelos arredores da cidade.
O segundo grupo formado Marcelo, Reginaldo, Edson Viti Pai, Gustavo Viti filho, Wilson, Ulisses, Luizinho, Renatinho, Ronaldo e Andreza partiram para um pedal terral de 55 km pelas trilhas da região. Saíram pela contorno e rumaram sentido Pocinhos por terra. Abandonaram este caminho pela direita e seguiram por estreitas estradinhas serpenteando por um mar de eucaliptos. Acessaram novamente a cidade pela Alcoa e seguiram em ritmo constante até o Chili´s, bar credenciado dos bikessauros nesta cidade. Antes é claro, pausa no movimento para as calorosas despedidas, os agradecimentos dos bikessauros aos amigos da bike e os planos para o pedal de domingo, que prometia. No Chili’s, Ronaldo, Carlinhos (Vulcanossauro) e Andreza bebemoraram o dia perfeito.
Tão frio quanto no sábado, o domingo exigiu mais roupas dos intrépidos que mais uma vez partiram as 08h da praça central rumo ao Pico do Gavião no município de Andradas. Dom Luciano preferiu sair um pouco mais cedo. Em ritmo constante, o grupo contacto começou o pedal pelo asfalto até o Clube da Uva. Dali para frente foi só terra. Alternaram entre pequenas retas e subidas íngremes até acessarem o Caminho da Fé. De longe a grande montanha se apresentava e ficava cada vez maior. Próximo ao Pico, o grupo se dividiu devido a compromissos particulares. Poli, Bernardo, João e Paulo seguiram para Poços de Caldas e o grupo formado por Ronaldo, Carlinhos, Marcelinho, André e Paulo Fechadura seguiram montanha acima. Á medida que o quinteto se aproximava do Pico a paisagem ficava ainda mais exuberante. Ora entre a mata fechada, ora por riachos e pinguelas, os intrépidos seguiam firme rumo ao seu destino. Pedalar até o cume, “pois só o cume interessa”. Os predestinados seguiram em ritmo constante. Próximo ao Pico a ascendência aumentou e a prosa gostosa deu lugar a respiração ofegante que acompanhou os bikers até o topo. Uma guarita, tira-embalo no meio da subida irritou os intrépidos, mais a regra é clara, R$ 2,00 por cabeça. Há alguns metros da chegada o grupo reencontrou Dom Luciano e aí a festa ficou completa. Ciclovulcanos e Bikessauros no topo do Pico do Gavião. Um presente para os olhos e para a alma. Um mar de montanhas, vales verdejantes e represas aos pés dos que se aventuram a conquistar o tal Pico. Após momentos de contemplação e reabastecimentos, o grupo despencou de volta para Poços. Em um cruzamento o grupo se despediu de Dom Luciano e Paulo Fechadura que preferiram um acesso mais rápido. Agora o quarteto formado por Marcelinho, André, Carlinhos e Ronaldo seguiram por outro caminho. Volta do Caminho da Fé sentido Águas da Prata. Mais uma fantástica sessão de pequenas estradinhas entre eucaliptos e o grupo chegou ao marco que divide os estados de Minas Gerais e São Paulo. Dali por asfalto até a cidade passando pela represa Bortolan. Deixaram o André em casa, He, He ,He e seguiram para aonde? Vamos ver se você advinha? Claro que para o Chili´s. Chegando na hora da apresentação das bandas comemorando o JulhoFest. Pegaram o melhor lugar e assistiram a um maravilhoso show regado a cervejas, chopinhos e uma deliciosa costela de vaca a moda mexicana. Um chua. Foram 85 km.
Como Eu e Andreza não temos palavras para agradecer aos amigos ciclovulcanos e bike lesmas, que de lesmas não tem nada, reforço o convite para visitar e pedalar com os Bikessauros.
Luizão, você foi lembrado em vários momentos, principalmente ao ver seu discípulo e irmão Carlinhos pedalar como gente grande. É impressionante ver a evolução do garoto de 48 anos. Quem viu este menino descer da Gericó até os Tachos a -5 km/h e vê agora pedalando forte, reforça a tese que não existe idade para se começar o esporte. O cara está pedalando muito.
Estamos negociando um grande encontro entre Bikessauros, Ciclovulcanos e BikeLesmas em Poços de Caldas para o 2.o segundo final de semana de agosto. Aguardem...
Este é o relato.
Abraços, Ronaldo.

3 comentários:

Reginaldo - Ciclovulcanos disse...

Bikessauros !! foi fantástico ter vocês conosco, sempre um prazer muito grande. Pena que Rodrigo não esteve aqui, também sentimos a ausência do Ary que numa única passagem por essas bandas deixou saudade.
Grande abraço à todos.

Anônimo disse...

É isso mesmo, os lesmas não têm nada de lesma! Têm um amigo vulcano(apagado!), que se define mais como "lesma" dos que os lesmas genuinos. Posso garantir que as duas equipes de Poços e a de Varginha formam um trio de personalidade inestimável! Vamos em frente! E até o próximo encontro sauro-vulcano-lesmático!
Ciao. Luciano

Anônimo disse...

Belo relato, Ronaldo! Para quem o lê, fica a impressão de um evento memorável, com amigos, pedais, belas paisagens e alegria sem limites. Realmente uma pena não ter podido ir com vocês, mas no próximo evento (agosto?), darei um jeito. Aproveito para mandar um abraço aos grandes amigos que fiz entre os Vulcanos. A gente vai se ver em breve.
Abraços a todos.

Rodrigo/Bikessauros