quinta-feira, 16 de setembro de 2010

Fazenda da Serra – 11/09/2010

Era uma manhã ensolarada, de céu azul e tempo muito seco como tem sido já há alguns meses. Não fosse pela quantidade de poeira que enfrentamos por aí estaria tudo ótimo... Mas o que importa é que foi resolvido lá no Bikeponto que iríamos fazer a Fazenda da Serra. Mais um pedal inédito prá mim. Saímos eu, Luisa, Miriam, Sopão, Lucão e Hebert (os primos) e o famoso Juninho (dessa vez fomos abandonados por Luciana e Mauro).

Eu na minha inocência e ainda bem... Não sabia o que viria pela frente.

Fizemos a tradicional paradinha para os mamões e as laranjas onde levei um tombinho básico... rs, rs, rs... Por causa da bendita sapatilha mas prosseguimos.

Até a Ponte dos Buenos foi tranqüilo, eu já conhecia. A partir dali começamos a parte dura do percurso. Muita subida, mas muita mesmo. A meta segundo Miriam eram uns ipês amarelos lá em cima. Continuamos firmes e a vista maravilhosa compensou todo o esforço. Que lugar lindo!

Mais umas subidonas e chegamos loucos na casa de uma senhora que nos fez a gentileza de matar nossa sede com uma água geladinha!

Refeitos chegamos na venda do Tio Lola. Depois de uns copinhos de Coca-Cola e uns bicoitinhos duros chegamos sãos e salvos. Luisa e eu, como cerveijeiras que somos, seguimos para a Cantina Romana, para aquela Skol geladinha junto com a Sandra. Os demais seguiram para suas casas.

Gostaria de deixar registrado aqui meu agradecimento a todos vocês que têm me acompanhado e incentivado nos pedais.... Obrigada pela paciência principalmente nas descidas.... rs,rs,rs (juro que estou tentando perder o medo!)

Alessandra Nogueira

2 comentários:

ISABEL disse...

Belo relato, Alessandra! Parabéns!
Abraço,
Isabel Ferreira

Anônimo disse...

Bela estréia como relatora, Alessandra. Excelente pedal dos jurássicos nesse fim-de-semana!

Rodrigo Silva